UAI – Unidade de Alegria Intensiva

A palavra UAI faz referência a UTI – Unidade de Terapia Intensiva – foi adicionado um elemento pra lá de especial: a alegria no lugar de terapia, simbolizando o lúdico e se tornando uma ferramenta essencial no trabalho do grupo.

O UAI existe desde outubro de 2006, onde um grupo de amigos, inspirados nos Doutores da Alegria, começaram a estudar e a fazer workshops, iniciando as visitas nos hospitais do munícipio em junho de 2007, com cerca de 20 voluntários.

 Pioneiros neste trabalho em Mogi Guaçu;

 12 anos de atividades;

 Trabalho diferenciado e com qualidade;

 Reconhecimento e confiança dos hospitais e profissionais da saúde;

 Amamos nosso trabalho.

Missão: Ser o sorriso, um ombro amigo, para quem for preciso;

Visão: Promover a humanização dentro e fora dos hospitais.

Valores: Amor, Comprometimento, Respeito e União.

Por meio de brincadeiras, conversas, músicas e piadas, os Doutores do UAI, são divididos por todas as áreas dos hospitais, em duplas ou trios. Buscando através de suas visitas inserir o palhaço, em um ambiente improvável, mas não inadequado, o hospital. O grupo busca espalhar alegria e colher sorrisos por onde passa, promovendo a alegria como o bem maior.

 Visitas aos sábados à tarde (14h00 ás 17h30);

 Trabalho realizado de forma simultânea, em todos os hospitais atendidos;

 Regras rígidas de higiene e abordagem;

 Respeito ao paciente e aos profissionais de saúde;

 Maquiagem e figurino padronizados;

 Sem vínculos com religião e partidos políticos.

Os Doutores UAI são voluntários das mais diversas áreas. Antes de tornar-se um (a) Doutor (a), participam da capacitação e preparam-se com objetivo maior do que levar apenas alegria ao outros, levar humanização. Atualmente somos 52 doutores.

 Pioneiros na região a inserir o treinamento introdutório;

 Treinamento obrigatório para a entrada de novos doutores.

Excelente relacionamento com hospitais e autonomia para exercermos nossas atividades;

reconhecimento de órgãos públicos; palestras em universidades e escolas; mais de 7.900 seguidores (incluindo outras cidades e países); lista de candidatos em espera para se tornarem voluntários; aplicação de treinamentos para outros grupos do mesmo segmento.